15 de jun de 2011

“Minha irmã,

não perca de vista o seu ponto de partida. Conserve o que você tem; faça o que está fazendo e não o deixe. Em rápida corrida, confiante e alegre, avance com cuidado, com passo ligeiro e pés seguros, de modo que seus passos nem recolham a poeira. Não consinta com nada que queira afastá-la nesse propósito, ou que seja tropeço no caminho”.

(2ª Carta de Santa Clara de Assis a Santa Inês de Praga).

Um comentário:

Kátia Soares disse...

Acho que escreveu isso pra mim, fala a verdade. Lindo, suave e forte.