16 de mai de 2009

à algum lugar

Entender a vida como um mar de possibilidades, pode muitas vez parecer uma grande 'balela'. No entanto,as possibilidades se mostram nos momentos mais pequeninos,que nada significariam se não nos atentassemos para elas.

Quando se fala do ser humano, tudo fica mais duvidoso. Afinal vivemos de incertezas. E são justamente dessas incertezas que devemos nos alimentar.
Criar um projeto do qual se acredita, onde se envolve pequenas sementes de possibildades.

Propostas de trabalhos precisam ser testadas. A metodolgia pode (e deve) sofrer modificações para mostrar qual a melhor forma, o melhor caminho. E os caminhos são formados assim, na caminhada. No esforço de se querer chegar à algum lugar.

Nenhum comentário: